Como organizar um casamento: os passos essenciais

Como organizar um casamento. Depois de definir oficialmente a data, a ficha cai: a lista de afazeres do planejamento do casamento é enorme. Mas não há motivo para pânico: é possível organizar o link como você sempre sonhou. Veja as instruções para que tudo fique perfeito.

1- Como organizar um casamento – Como escolher a data do casamento?

Um número da sorte, uma data importante para o casal ou uma conveniente véspera de feriado? A decisão do dia de celebrar sua união vai muito além do horóscopo.

A primeira escolha no caminho para o casamento deve ser cuidadosa. Deve permitir uma celebração perfeita, tanto para os noivos quanto para os familiares e convidados indispensáveis. A primeira medida é avaliar o calendário anual do casal, evitando grandes eventos e aproveitando as férias para prolongar as comemorações.

Da mesma forma, leve em consideração a temporada e os custos no destino de lua de mel escolhido. Tente pensar também na estação e no clima da região onde você vai se casar e sua influência nos locais disponíveis. Por fim, tenha em mente os meses mais procurados e, portanto, os mais caros com os fornecedores. Equilibre todos esses fatores e você terá a data mais favorável para dizer “sim”.

2- Como fazer a lista de convidados ideal?

Você não precisa começar uma crise familiar para montar sua festa. A escolha de quem estará presente no dia tão esperado pode ser objetiva e tranquila. Para isso, comece estabelecendo a lista de quem é indispensável para o casal. Se você quiser que os pais escolham parte dos nomes, providencie uma cota limitada para eles com antecedência. Distribua os convites restantes com moderação e conte com nossa ferramenta para rastrear a confirmação de todos.

A lista enxuta é mais do que uma questão de economia: no novo contexto, ajustes são essenciais e um número modesto de convidados permite distanciamento social e maior zelo pela saúde de quem amamos. Avalie cuidadosamente a viabilidade de receber pessoas de grupos de risco, considere também o risco de incluir crianças pequenas, que são mais difíceis de conter.

3- Como escolher o local para a cerimônia e celebração?

A escolha do local (ou locais) do seu casamento vai além da tradição e da estética. Está intimamente ligado às decisões sobre a data e os convidados. Também depende de várias questões: a recepção pode ser realizada no mesmo local da cerimônia?

Os hóspedes terão que viajar ou ficar? As vantagens de fazer tudo no mesmo lugar são tentadoras. Mas para saber se isso é possível, é importante ter em mente que os locais admissíveis variam entre uma cerimônia civil, religiosa ou simbólica.

Como organizar um casamento

Além disso, tão relevante quanto o local é se o casamento será realizado perto de casa ou em uma viagem à terra natal da família. Isso porque o cenário desejado, o horário e o número de convidados determinarão se é melhor pedir uma catedral iluminada ou uma praia deserta. Tudo isso impactará diretamente nos custos.

4- Como organizar um casamento – Como escolher o estilo da festa de casamento?

Fechado o local, qual estilo de decoração de casamento é perfeito para você? O ambiente da festa é o primeiro fator a ter em conta, sendo as diferentes estéticas as mais indicadas para um casamento no campo ou num hotel de luxo. Outra escolha para nortear a decisão é o vestido de noiva: um modelo romântico, cheio de rendas e babados, inspira um ambiente distinto e uma decoração de corte minimalista e contemporâneo.

Como organizar um casamento

As línguas devem falar umas com as outras. De qualquer forma, lembre-se que expressar a identidade do casal no grande dia é mais importante do que se adequar a uma tendência. Os sonhos, valores, personalidades e estilos das duas pessoas que dizem “sim” devem ser celebrados.

5- Burocracia: chaves para organizar a papelada

O tão esperado momento que sela a união, com a troca de alianças e o “sim”, não é o único rito de passagem do casal. Para que o casamento seja reconhecido pelo Estado e pela religião do casal, há procedimentos a serem cumpridos.

É burocracia, mas também é parte fundamental do compromisso mútuo que chamamos de casamento. O processo varia de acordo com o tipo de cerimônia a ser realizada. O casamento civil exige pedido de licença e pode ser realizado no próprio cartório.

Se preferir, pode ser assinado no local de sua cerimônia por um juiz de paz ou por uma autoridade religiosa (conhecido como casamento religioso com efeito civil).

Aliás, cada religião tem seus próprios requisitos: por exemplo, a Igreja Católica exige um curso para noivos e a confirmação de ambos na mesma paróquia, enquanto o judaísmo exige a ketubah (contrato de casamento) dos pais.

6- Como organizar um casamento – Como escolher o menu do casamento?

A degustação do buffet não é apenas liberdade de expressão, é o momento de pensar no que servir para as pessoas queridas que vão celebrar seu casamento. Agradar o paladar do casal é essencial, mas é educado oferecer opções para diferentes hábitos alimentares. Veganos ou “carnívoros”, seus convidados devem se sentir acolhidos na ocasião. Considere os horários das refeições: casamentos diurnos aceitam pratos leves e petiscos, mas o jantar é esperado.

Pense também na região e época em que a festa acontece, preferindo produtos da época e receitas frescas ou quentes de acordo com o clima. Um cardápio em harmonia com o ambiente torna a recepção ainda mais especial.

7- Como organizar um casamento – Como acomodar os convidados?

A amiga de infância ficou fora de lugar entre parentes idosos e a madrinha acabou sentada na frente do ex? Para não servir uma torta climática na festa de casamento, é fundamental planejar com antecedência a composição das mesas. Nesta tarefa, mapear os assentos usando uma ferramenta como nosso mapa de mesa é mais prático do que uma planilha.

A lista de convidados é integrada às confirmações de presença, e os diferentes formatos e tamanhos de móveis permitem definir até a distância entre as mesas. Falando em distanciamento, há outro ponto no planejamento em que precisamos levar em conta a nova normalidade.

Para uma celebração segura, é fundamental garantir um ambiente bem ventilado e minimizar as possibilidades de transmissão. Isso significa espaçar mais as mesas, reduzindo sua capacidade e mantendo as pessoas que já moram sob o mesmo teto juntas.

8- Como escolher testemunhas, madrinhas e padrinhos?

Outra grande decisão é quem convidar para os cargos honrosos de madrinhas e padrinhos, oficialmente conhecidos como testemunhas, seja a cerimônia religiosa ou civil. Além da homenagem e das festas, as funções significam o compromisso de ajudar os noivos na construção de sua nova vida conjugal.

Como organizar um casamento

Os critérios a definir devem ser confiança, afinidade e intimidade com o casal. Lembre-se de que a celebração é sobre você e seu ente querido, portanto, não escolha seus convidados de honra por educação ou pressão social. Além de participar dos preparativos e acompanhar os noivos ao altar, as testemunhas têm deveres oficiais solenes.

Atestam perante a lei e a fé que a união do casal se dá por livre e espontânea vontade e que não há impedimentos ao vínculo. Duas testemunhas maiores de 18 anos são obrigadas a estar presentes no pedido de licença, casamento civil e cerimônia religiosa.

Eles não precisam necessariamente ser as mesmas pessoas em todos ou mesmo casais: o importante é que sejam próximos e tenham acompanhado seu relacionamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*